Saiba se a sua empresa possui segurança psicológica

Você sabia que além do já conhecido Setembro Amarelo, Janeiro também é um mês de conscientização e cuidado com a saúde mental?
Saiba se a sua empresa possui segurança psicológica
  • Carregando índice...

Criada em 2014, a campanha de Janeiro Branco surgiu com o intuito de chamar a atenção para as questões e cuidados com a saúde mental. O mês foi escolhido em função do alto índice de estresse que este período acaba gerando na população: novas metas e objetivos, resolução de pendências, mudança de comportamento e alto gasto financeiro. Toda essa cobrança por iniciar um novo ano de forma diferente, acaba gerando uma certa ansiedade nas pessoas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2019, certa de 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo foram impactadas com problemas de saúde mental. Após o início da pandemia, por conta do vírus da Covid-19, o número de casos de pessoas com sintomas de ansiedade e depressão aumentaram por volta de 30%. 

Mas afinal, por que a saúde mental do colaborador é tão importante para a empresa?

A importância da saúde mental do colaborador

Identificar um colaborador com sintomas de ansiedade, depressão e outros transtornos mentais é bem mais fácil do que se imagina, contudo é preciso atenção, cuidado e paciência, uma vez que, em muitos casos, os colaboradores tendem a esconder ou camuflar os problemas por vergonha, medo e até mesmo desinformação.

É importante ter em mente que alguns desses sinais podem ser apenas traços da personalidade do colaborador, que podem até ser trabalhados para que tragam desenvolvimento ao profissional, mas que não são propriamente um transtorno. O que precisa ser detectado, de fato, são as mudanças no padrão de comportamento, repentinas ou não, que o trabalhador apresenta no ambiente de trabalho.

Um dos principais sintomas é a falta de produtividade (ou a diminuição dela), o que impacta diretamente nos resultados, e cumprimento de tarefas e metas, mas além disso outros sintomas podem ser identificados como a mudança na forma de se relacionar com os pares, colegas e gestores, o afastamento ou isolamento social com as pessoas de convívio, dificuldades de comunicação e cognitivas, esquecimento e agitação diante de situações que antes eram normais, são alguns exemplos de pontos de atenção, e o um dos mais comuns são faltas ao trabalho, atrasos por conta de saúde muitas vezes não explicadas. Pensando pelo lado do RH e empresa, esses sintomas listados, além de atingirem questões financeiras, cumprimento de metas e prazos, geram  aumento do absenteísmo, impactando de diversas formas a corporação.

Em uma pesquisa feita pela 3778, através do Questionário de Saúde Mental, aplicado em 2022 para colaboradores de diversas empresas clientes, foi possível identificar que 93% dos entrevistados sentem-se nervosos, tensos e preocupados. Já 73% apresentaram cansaço excessivo e 78% informaram que sentem tristeza além do normal na sua rotina.

Ainda no ano de 2022, quase metade dos 800 colaboradores avaliados, buscaram o  Programa Cuidado 3778 para tratamento de saúde mental, e afirmaram ser a primeira vez que pediam ajuda para estas questões. Além disso, quase 48% afirmaram que nunca precisaram de atenção ou tratamento para esse tipo de transtorno.

Um fator que sempre deve ser analisado quando falamos em saúde mental é o centro dos problemas, Diversas situações podem ser o estopim para o início de doenças mentais, porém, cada vez mais, vemos questões relacionadas ao trabalho sendo um dos principais fatores - motivo pelo qual levou o burnout a ser incluído na lista de doenças trabalhistas. 

Independente de onde vem o problema, o acolhimento é fundamental e a atenção a este colaborador precisa ser redobrada. Alguns aspectos relacionados ao trabalho, citados por colaboradores com ansiedade, depressão ou cansaço extremo são: longas jornadas de trabalho, ambientes corporativos com muita competitividade e ameaças e assédios morais. 

Como promover ações eficazes de saúde mental?

Deixar o colaborador confortável para trazer seu problema é muito importante. Demonstrar com iniciativas que a empresa se importa de verdade com a vida e a saúde dos trabalhadores é um exemplo. Crie ações fáceis e eficazes para obter os dados necessários e promover campanhas direcionadas aos problemas identificados.

Além de ser um dos pilares fundamentais do RH, o ideal é promover a conscientização dos líderes e gestores de outras áreas da empresa. Essas cadeiras são ocupadas por pessoas que estão diretamente ligadas aos colaboradores e com a proximidade para identificar os sinais que listamos acima.

Treinamentos de escuta para os líderes e RH, conhecimento dos sintomas, e as ações corretas que se deve tomar quando um colaborador apresenta estes quadros são fortes aliados para a segurança psicológica de todos da empresa.

Outras ações que podemos listar são: promoção de ambientes saudáveis e positivos, a valorização do colaborador, jornadas e locais de trabalhos flexíveis, valorização da vida além do trabalho. Dentre esses, um dos mais importantes são os cuidados com o auxílio de um médico do trabalho, médico ocupacional, psicólogo e outros profissionais da saúde, que podem gerar dados relevantes e importantes para o RH. Além disso, ter um canal de comunicação seguro para que o colaborador possa se sentir capaz de relatar situações e compartilhar suas emoções é fundamental.

Diante disso, vale ressaltar que o RH precisa se posicionar de forma efetiva, e a empresa deve proporcionar um lugar saudável e seguro, onde todos os colaboradores são vistos como seres individuais únicos. Essa individualização ajuda a ter maior efetividade nas ações e compreensão dos casos, sem afetar os resultados e a saúde financeira da empresa.

Artigos relacionados

Carnaval 2023: como aproveitar a data com seus colaboradores?

Carnaval 2023: como aproveitar a data com seus colaboradores

Saiba como o RH pode orientar o colaborador a curtir o carnaval com saúde e ainda aumentar o engajamento entre os times

Gestão de RH
8
 minutos de leitura
Employee Experience: qual a importância para as empresas?

Employee Experience: qual a importância para as empresas?

Descubra o que é esta estratégia e como ela pode ser sua grande aliada para a atração e retenção de talentos

Gestão de RH
13
 minutos de leitura
Ano Novo: Como implementar um programa de saúde na empresa?

Ano Novo: como implementar um programa de saúde na empresa?

Chegou 2023 e trouxemos exemplos para você implantar ou melhorar um programa de saúde de qualidade na sua empresa

Gestão de RH
5
 minutos de leitura

Assine nossa Newsletter!

Receba informações valiosas sobre a saúde corporativa da sua empresa e dê as boas-vindas à nova era do cuidado

Apenas E-mails corporativos
Verifique o campo de e-mail. Somente serão aceitos e-mails corporativos.
Agradecemos o seu interesse!
A nossa newsletter é publicada semanalmente e enviada para o seu e-mail.
Ops! Algo deu errado ao enviar o formulário.
close
Mulher de braços cruzados
Espero que goste desse artigo. A 3778 pode ajudar a transformar a Saúde da sua empresa. Faça um orçamento para Saúde Ocupacional, Gestão Ambulatorial ou Terceirização em Saúde.