People Analytics em 3 passos: como implantar no meu RH?

O People Analytics veio como um forte aliado ao time de RH. Conheça 3 passos para implantá-lo e ter sucesso na sua empresa.
People Analytics em 3 passos: como implantar no meu RH?
  • Carregando índice...

Para começar: O que é People Analytics?

People Analytics nada mais é do que uma área que concentra na coleta, análise e interpretação de dados relacionados aos funcionários de uma empresa, essa área vem ganhando cada vez mais importância nas empresas modernas, pois a análise de dados relacionados aos funcionários pode trazer informações valiosas para a tomada de decisão, e estratégia.

O seu objetivo é trazer informações e orientações para auxiliar a tomada de decisões relacionadas à gestão de pessoas, esses dados podem trazer inúmeras informações como por exemplo: contratação, desempenho, desenvolvimento e até mesmo retenção de talentos.

O uso de novas tecnologias e com o avanço delas, a coleta e análise de dados, como a I.A e machine learning, tem tornado cada vez mais fácil e preciso o processo de coleta e análise de dados sobre os colaboradores, esta análise de dados ajuda as empresas a compreender melhor sua população e identificar seus pontos fortes, fracos, habilidades, desempenhos.

Outros dados que podemos citar aqui são: dados demográficos, comportamentais, gênero, idade, escolaridade, satisfação entre outros.

O principal objetivo do People Analytics é utilizar esses dados para obter insights e identificar padrões que possam ajudar as empresas a tomar decisões importantes informadas, como melhoria na produtividade, eficiência e até mesmo satisfação, ela é uma ótima ferramenta para otimizar a alocação de recursos humanos e desenvolver estratégias eficazes e gerenciamento de talentos.

Também é possível desenvolver planos de ação individuais para aprimorar a gestão e otimizar a alocação de recursos humanos. Pode-se através dela identificar qual área requer mais treinamentos, desenvolvimentos dos colaboradores, qual necessita de investimentos e programas de capacitação e adequação.

Em resumo, o People Analytics é uma ferramenta poderosa para a gestão de pessoas, que ajuda as empresas a obter informações valiosas sobre seus colaboradores, identificando padrões e tendências e tomando decisões informadas sobre a gestão de talentos, Com o uso adequado dessa ferramenta é garantido o aprimoramento, eficiência, produtividade e satisfação  dos colaboradores, que contribuem para o sucesso da empresa.

Sua empresa está trabalhando com as melhores práticas de inovação? Clique aqui e leia nosso texto sobre RH e Inovação.


Introduza a Inteligência Artificial no seu dia a dia

A I.A. é uma ciência que se propõe a elaborar algoritmos, partindo da análise de um vasto volume de dados. A partir daí, ela simula a capacidade humana de tomar decisões, perceber padrões, detectar inconsistências e fraudes, desenvolver previsões e resolver problemas. Parece quase bom demais para ser verdade, certo? Mas não é!

Atualmente, já existem softwares que encontram padrões no comportamento do colaborador e fazem o cruzamento de dados, te ajudando a realizar análises fundamentais para a eficiência dos processos de RH tais como:

  • Cruzamento de informações de comportamento de candidatos X necessidades da empresa:  esse tipo de análise pode ser útil tanto no processo de recrutamento e seleção quanto na gestão de talentos.
    O software pode cruzar informações sobre o comportamento e perfil dos candidatos com as necessidades da empresa, ajudando a selecionar os melhores candidatos para a vaga e também a identificar os colaboradores com perfil adequado para promoções e desenvolvimento dentro da empresa.

  • Levantar as necessidades de treinamento e capacitação do time: com a análise de dados, é possível identificar quais são as habilidades e competências mais importantes para o sucesso dos colaboradores e da empresa.
    Com base nessa informação, o software pode recomendar treinamentos e capacitações específicas para o time, ajudando a aprimorar suas habilidades e competências.
  • Fazer a engenharia de cargos: a análise de dados também pode ser útil para a definição de cargos e funções dentro da empresa. Com base na análise de dados, o software pode identificar as habilidades e competências necessárias para cada cargo e função, ajudando a definir a estrutura organizacional mais adequada para a empresa.

  • Fazer predição de sinistros de saúde reduzindo drasticamente o absenteísmo: a análise de dados também pode ser útil para a prevenção de doenças e lesões entre os colaboradores. O software pode cruzar dados de saúde dos colaboradores com outros dados, como o tipo de atividade que realizam ou o ambiente de trabalho em que atuam, identificando os fatores de risco para lesões e doenças. Com base nessa informação, a empresa pode desenvolver medidas preventivas para reduzir o absenteísmo e aumentar a saúde e bem-estar dos colaboradores.
Seus colaboradores estão saudáveis? Conheça os benefícios que um programa de saúde preventiva pode trazer para sua empresa.


Como utilizar o People Analytics para conhecer a saúde dos colaboradores?

Com a implantação do People Analytics corretamente (reunir todos os dados de saúde de diversas fontes, limpar e organizar os dados que realmente importam, e criar um dashboard ou uma planilha com as informações colhidas)  é possível conhecer a saúde de seus colaboradores e promover ações e campanhas eficazes para garantir a melhor qualidade de saúde e bem estar do colaborador, além de ser um excelente aliado na gestão de afastados, absentismos e até mesmo ajuda a entender a sinistralidade.

Para coletar esses dados é importante termos em mente de onde extrair as informações corretas, esses dados podem ser oferecidos por exames ocupacionais, um programa de saúde assistencial, histórico médico do paciente e até mesmo registro de doenças.

Com esses dados em mãos é importante organizá-los de forma eficiente, assim na hora de analisá-los é possível identificar tendências e padrões relacionados à saúde dos colaboradores, como as principais áreas de risco para a saúde dos colaboradores, identificar doenças através dos exames periódico (ocupacionais), problemas de saúde comuns entre a população por exemplo aumento no número de casos de doenças mentais, e comportamentos como por exemplo: se são fumantes, se praticam atividade física, ou até mesmo se existe alguma queixa que precise de uma orientação mais aprofundada de um médico.

Para uma melhor análise do Plano de saúde, focando na diminuição do uso e da sinistralidade, os dados de saúde da empresa podem identificar os principais fatores que estão aumentando os custos, a utilização dos serviços de emergência e tratamentos de longo prazo, casos crônicos, etc. Tendo essas informações é possível implementar medidas para reduzir o uso sem necessidade do plano e também os custos dos planos de saúde, incentivando o uso de serviços preventivos, com um programa de saúde preventiva, ocupacional , além de poder negociar com os provedores de saúde melhores condições na renovação do contrato.

Abaixo trouxemos 5 tópicos que podem te ajudar a implantar e utilizar da melhor forma o People Analytics ligados a saúde:

  1. As fontes de dados para coleta de informações de saúde dos colaboradores: As empresas podem coletar informações de saúde dos colaboradores de diversas fontes, como exames ocupacionais, histórico médico, programas de saúde assistencial e registros de doenças. É importante ter em mente que essas informações devem ser coletadas de forma ética e transparente, com a privacidade dos colaboradores sendo respeitada.
  2. A importância de organizar e limpar os dados para análise eficiente: Para realizar uma análise eficiente dos dados de saúde dos colaboradores, é importante organizá-los e limpá-los adequadamente. Isso significa identificar e remover dados irrelevantes ou duplicados, e garantir que os dados sejam precisos e completos. Ao organizar e limpar os dados, é possível identificar tendências e padrões de forma mais precisa e eficiente.
  3. Como identificar tendências e padrões relacionados à saúde dos colaboradores: Uma vez que os dados de saúde dos colaboradores foram coletados e organizados, é possível identificar tendências e padrões relacionados à saúde, como a prevalência de doenças crônicas ou fatores de risco ocupacionais. Isso permite que as empresas desenvolvam programas de saúde preventiva específicos para as necessidades de seus colaboradores e promovam um ambiente de trabalho saudável.
  4. Como utilizar as informações para implementar medidas para reduzir custos e incentivar o uso de serviços preventivos: As informações obtidas por meio do People Analytics podem ser usadas para desenvolver programas de saúde preventiva que incentivem os colaboradores a cuidar de sua saúde e bem-estar. Esses programas podem incluir atividades como campanhas de vacinação, incentivos para atividade física e programas de alimentação saudável. Além disso, as informações podem ser usadas para negociar melhores condições nos contratos de planos de saúde e reduzir os custos de serviços desnecessários.

Dica: conheça a Atenção Primária da 3778 e saiba mais sobre nossas Linhas de Cuidado baseadas em dados e como a prevenção em saúde gera economia para a sua empresa.

Dados + Inteligência Artificial = Decisões assertivas

A 3778, a maior healthtech de saúde corporativa do Brasil, pode ser sua grande aliada nessa trajetória. Levantamos e cruzamos todos os dados registrados dos seus colaboradores, vindos das mais diversas fontes e através de machine e deep learning, colocamos em suas mãos, soluções e predições que não só podem solucionar até  80% dos problemas de saúde da sua empresa, como também geram uma economia significativa no seu orçamento.

Veja o que as soluções em tecnologia da 3778 podem fazer pela saúde da sua empresa:

  • Elaboração de Linhas de Cuidados personalizadas para cada colaborador da empresa, prevenindo problemas de saúde previamente mapeados, aumentando a qualidade de vida e o desempenho da equipe;
  • Redução da sinistralidade dos planos de saúde;
  • Redução significativa do absenteísmo através de uma Gestão de Afastados baseada em dados;
  • Omnichannel para um acompanhamento ativo e próximo da saúde do colaborador (3778 app, WhatsApp, telemedicina, ambulatórios in company);
  • Gerenciamento e validação de atestados analisando a jornada do paciente;


Conheça a 3778 e saiba como levar Inteligência Artificial para a saúde da sua empresa.

Artigos relacionados

O quanto você conhece da saúde dos seus colaboradores?

O quanto você conhece da saúde dos seus colaboradores?

Com Inteligência Artificial e análise de dados, o RH é capaz de gerar ações mais assertivas de prevenção e conscientização à saúde

Gestão de RH
6
 minutos de leitura
Como ser um RH inovador?

Como ser um RH inovador?

Com a tecnologia a favor do RH, a inovação, o acesso a dados e ferramentas completas ajudam a melhorar o planejamento estratégico da empresa

Gestão de RH
10
 minutos de leitura
Employee Experience: qual a importância para as empresas?

Employee Experience: qual a importância para as empresas?

Descubra o que é esta estratégia e como ela pode ser sua grande aliada para a atração e retenção de talentos

Gestão de RH
13
 minutos de leitura

Assine nossa Newsletter!

Receba informações valiosas sobre a saúde corporativa da sua empresa e dê as boas-vindas à nova era do cuidado

Apenas E-mails corporativos
Verifique o campo de e-mail. Somente serão aceitos e-mails corporativos.
Agradecemos o seu interesse!
A nossa newsletter é publicada semanalmente e enviada para o seu e-mail.
Ops! Algo deu errado ao enviar o formulário.
close
Mulher de braços cruzados
Espero que goste desse artigo. A 3778 pode ajudar a transformar a Saúde da sua empresa. Faça um orçamento para Saúde Ocupacional, Gestão Ambulatorial ou Terceirização em Saúde.